Imprensa

20/06/2006 - Luiz Felipe Ribeiro

img
Aos 26 anos, Luiz Felipe Ribeiro realiza o grande sonho de sua carreira: ser convocado para integrar a seleção brasileira adulta. A equipe inicia neste domingo a preparação para disputar o 42º Campeonato Sul-Americano, na Venezuela, de 11 a 16 de julho, e o 15º Campeonato Mundial do Japão, de 19 de agosto a 3 de setembro. Depois de fazer uma excelente temporada pelo Rio Claro, o ala ganha a oportunidade de mostrar o seu talento vestindo a camisa verde-e-amarela. O atleta, que foi campeão paulista pelo COC/Ribeirão Preto, em 2005, também já defendeu as equipes do Espéria, Bauru e Mogi.

Qual foi a emoção de ser convocado para servir à seleção brasileira?

Felicidade total. Defender o Brasil é o sonho de qualquer atleta. É muito gratificante ter o meu trabalho reconhecido. Espero corresponder à confiança da comissão técnica e honrar a camisa do meu país.
img

E o que te espera nessa nova fase da sua carreira?

Muito trabalho e a responsabilidade de buscar o meu espaço para permanecer no grupo e estar entre os doze que disputarão o Sul-Americano. Conheço a filosofia da comissão técnica e acredito que não terei problemas em me adaptar ao ritmo da seleção. O técnico Lula me apoiou bastante no início da minha carreira e estou aprendendo demais com o Guerrinha, que é meu técnico no Rio Claro.

Como você acha que pode contribuir para a seleção brasileira?

O técnico Lula pode contar com um jogador que tem muita raça, espírito de equipe, humildade e determinação. Espero ajudar meus companheiros e aprender bastante com essa experiência.
img

E, tecnicamente, quais as características do jogador Felipe?

Acho que as minhas maiores virtudes em quadra são a velocidade e o jogo de explosão. Posso fazer as funções de ala e também de pivô. Na última temporada, pelo Rio Claro, meu aproveitamento nos arremessos melhorou consideravelmente. Ainda tenho muito que evoluir, mas acho que também posso ajudar quando solicitado.

Como analisa o seu rendimento na temporada, defendendo o Rio Claro?

Eu evoluí bastante como atleta. No Rio Claro, tive a minha primeira oportunidade como titular, sendo peça importante no esquema tático da equipe. Isso aumentou a minha responsabilidade. Acho que consegui cumprir bem minha função e ajudar o time a ser um dos destaques da temporada. Foi ótimo participar da retomada do basquete na cidade e ver o sucesso do time, que em tão pouco tempo, chegou as semifinais dos Campeonatos Paulista e Nacional e conseguiu a vaga para a Liga Sul-Americana 2007.
img

Quais seus planos para a próxima temporada?

Pela seleção, meu pensamento é lutar sempre para me manter no grupo e ser lembrado em outras oportunidades. Quanto ao clube, renovei o contrato com o Rio Claro por mais um ano e pretendo evoluir ainda mais na próxima temporada. Rio Claro é uma grande cidade, com um público fanático por basquete que dá um apoio incrível ao time. O clube nos dá uma ótima estrutura e é muito bom trabalhar aqui. Além disso, é bem pertinho de Campinas, onde mora minha família.

Deixe uma mensagem para os iniciantes no basquete.

Respeitem os mais velhos, sigam suas convicções e treinem bastante.